fbpx

Se você está em busca de uma solução gratuita para a emissão das suas notas fiscais, então este artigo é para você!

Lidar com a burocracia nem sempre é fácil, mas é uma tarefa que se faz necessária no dia a dia de qualquer administrador. Garantir que as contas da empresa estejam em dia, incluindo aí todos os tributos devidos, é parte dessa função.

E é aí que entra a Nota Fiscal.

 

Nota fiscal: por que emitir?

 

Mais do que apenas uma exigência da pesada burocracia do país, a nota fiscal é um instrumento de grande utilidade tanto para a sua empresa, quanto para o seu consumidor.

Do ponto de vista do seu cliente, a emissão da nota fiscal é uma garantia da qualidade dos serviços prestados e/ou dos produtos oferecidos pela sua marca.

Esse sentimento de confiabilidade transmitido pela NF vem do fato de que, ao emitir o documento, a sua empresa assume a responsabilidade por aquilo que oferece no mercado: é ela que servirá de comprovante para o seu cliente em situações de troca, por exemplo.

Além disso, a nota fiscal traz ao consumidor a tranquilidade de saber que o produto ou serviço em questão – assim como a própria empresa – está em conformidade com a legislação nacional.

Sempre que uma empresa se recusa a emitir a NF por um serviço, fica para o cliente uma sensação de irregularidade. O que a empresa estaria escondendo?

Já para a sua empresa, a emissão da NF oferece inúmeras vantagens.

A gestão financeira da sua empresa é facilitada, visto que os dados podem ser processados todos através de um único sistema de gestão integrada, do tipo ERP. O controle de estoques e todos os processos de troca e devolução de mercadorias são igualmente otimizados, visto que há um registro para orientar as ações da sua equipe.

A emissão de NF ainda garante que a sua empresa evite multas e apreensões nas situações de fiscalização do seu estabelecimento ou durante o transporte de produtos.

Ela ainda ajuda a evitar uma série de dores de cabeça junto à Secretaria da Fazenda: e isso porque a NF permite que a sua empresa comprove todos valores recebidos junto ao governo, dado que servirá posteriormente como base para o cálculo dos tributos devidos.

Por fim, mas não menos importante, é sempre bom lembrar que a emissão de nota fiscal é exigência da legislação brasileira, e a sua não emissão pode gerar uma série de penalidades que podem chegar até à reclusão do empresário por sonegação fiscal.

Justamente por isso, a emissão de notas fiscais é parte necessária da rotina de qualquer estabelecimento comercial no país.

 

Quais as vantagens da NF-e?

 

A NF-e foi criada para facilitar a vida dos empresários que buscam se manter em dia com as obrigações tributárias do país.

Totalmente digital, a NF-e permite uma maior agilidade no processo de troca de dados entre as empresas emissoras e as secretarias da fazenda estaduais (SEFAZ), além de oferecer maior segurança ao processo graças ao uso de certificação digital A1 ou A3.

Para a sua empresa, um dos maiores benefícios da NF-e é a possibilidade de integrar a sua emissão à um sistema de gestão do tipo ERP online.

Um ERP vai permitir que você controle em um só local todos os dados relativos à venda: integração PDV, controle dos estoques, geração de boletos bancários e, é claro, a emissão da NF-e – tudo de forma automatizada, muito mais simples e descomplicada para a sua equipe.

Outro grande benefício da utilização da nota fiscal eletrônica é a redução de custos com o armazenamento desse documento. Afinal, as versões anteriores, em papel, exigiam uma estrutura muito maior e mais dispendiosa para a sua manutenção – o que não é o caso para a manutenção dos arquivos digitais.

E por falar em redução de custos, ao simplificar o processo de emissão da NF, a NF-e permite que qualquer pessoa consiga emitir o documento, dispensando a necessidade de contratar os serviços de um especialista.

Como emitir a NFe gratuitamente?

 

Há uma infinidade de modelos de emissores de NF-e disponíveis no mercado, o que significa que a sua empresa pode optar pelo modelo que melhor atender às suas necessidades reais.

Dentre as opções disponíveis, é possível contratar um software que seja exclusivamente emissor de NF-e, ou ainda optar por um ERP online que conte com a funcionalidade de um módulo emissor de NF-e.

Há também os emissores gratuitos de NF-e, outra grande vantagem para quem busca redução de custos.

A própria SEFAZ disponibiliza em sua página um software emissor da NF-e, de forma completamente gratuita. Basta fazer o download e seguir as instruções para configurar a emissão das suas notas.

Já na iniciativa privada, existem muitas empresas que oferecem o mesmo tipo de serviço de forma gratuita.

É o caso, por exemplo, do software TiraNota. Oferecendo uma plataforma simples e de uso intuitivo, o TiraNota é utilizado por diversos escritórios de contabilidade na hora de auxiliar seus clientes a gerar as notas fiscais.

Para utilizar o TiraNota tudo o que a sua empresa precisa fazer é preencher um cadastro na página, realizar a configuração do seu certificado digital (A1 ou A3) e começar a emitir suas notas!

Outra opção gratuita é o NF-e Express da IT Refresh. Compatível com as certificações digitais A1 e A3, o NF-e Express é um emissor que vai ainda além: ele ajuda a sua empresa a armazenar e gerenciar o histórico de NFes geradas, garantindo que a sua empresa esteja sempre em dia com a SEFAZ.

 

Cuidados na hora de escolher o seu emissor gratuito:

 

Os emissores gratuitos oferecem qualidade, rapidez e segurança na geração de NF-e, mas existem alguns cuidados que devem sempre ser tomados.

Atualmente, o principal deles é se certificar de que o emissor é compatível com o novo modelo de NF-e: a NF-e 4.0.

Diversos emissores gratuitos de qualidade, como é o caso NovoEmissor, estão sendo descontinuados até agosto deste ano, justamente por não se adequarem ao novo modelo da NF-e. Vale sempre atenção!

 

Quer experimentar um emissor gratuito?

 

Experimente grátis!

Deixe aqui seu comentário