Pouco importa o tamanho da sua empresa, a verdade é uma só: se ela está buscando conquistar uma fatia maior do mercado, então a gestão interna deve ser a sua primeira preocupação. E isso porque é através de uma boa gestão dos recursos da sua empresa que você poderá garantir a saúde financeira da sua marca a longo prazo, conseguindo, assim, prover os meios necessários para que ela continue a crescer e a se projetar cada vez mais no mercado.

 

Uma boa prática de gestão de recursos implica no controle rigoroso de diversos aspectos financeiros da sua empresa, dos quais três merecem uma atenção especial: o controle de fluxo de caixa, o acompanhamento de seus estoques e, é claro, a realização do seu balanço patrimonial.

 

 

E é exatamente deste último – o balanço patrimonial – que vamos tratar neste artigo!

 

O balanço patrimonial é uma ferramenta de extrema utilidade na hora de entender a real situação financeira da sua empresa. Ele serve ainda de referência para que a sua gestão avalie a evolução e desenvolvimento da sua marca ao longo de diversos períodos, orientando decisões estratégicas quanto à investimentos e marketing, por exemplo.

 

E isso tudo para nem mencionar o fato de que a realização do balanço patrimonial da sua empresa é uma exigência legal, conforme consta no artigo 1179 do nosso Código Civil.

A esta altura, você certamente já está começando a ver algumas das razões pela qual a realização de um Balanço Patrimonial é importante para a sua empresa. Como se trata de um tema complexo, nossa equipe preparou este artigo para ajudar a sanar aquelas dúvidas mais recorrentes…

 

Aqui você vai poder conferir os seguintes temas:

 

  • O que é e para o quê serve um Balanço Patrimonial
  • Como organizar o Balanço da sua empresa
  • Quais as vantagens que um Balanço bem feito pode oferecer ao seu negócio

 

Vamos começar pelo começo:

O que é um Balanço Patrimonial?

 

Um balanço é um instrumento de análise financeira e patrimonial da empresa, organizando em diversas categorias os dados da empresa. Trata-se de uma ferramenta que oferece a base para uma melhor compreensão da real situação financeira do seu negócio e para a realização de projeções e planejamentos para os próximos exercícios.

 

 

Como fazer um Balanço Patrimonial?

 

A estrutura básica de um balanço patrimonial consiste na distribuição do dados em duas colunas diversas, sendo a primeira a de Ativos, à esquerda, e a segunda a de Passivos, à direita.

 

Na seção de ativos serão incluídos todos os bens da empresa, imóveis ou monetários, assim como todos os seus direitos – isto é, tudo aquilo que a sua empresa tem por direito o recebimento até o final do exercício. Logo, registre: as contas bancárias da empresa, o valor de mercado da sua marca, o capital em estoque, as parcelas de clientes ainda por receber e assim por diante.

 

Constam ainda nessa seção mais duas subcategorias, nas quais os seu ativo será melhor organizado. São elas: ativo circulante e ativo não-circulante.

 

A primeira – o ativo circulante – corresponde ao bens e direitos com liquidez no curto prazo. Em outras palavras, é nessa subcategoria que serão incluídos todos os bens e direitos com previsão de capitalização até o final do exercício. Já na segunda subcategoria – o ativo não-circulante-, serão incluídos os bens e direitos que possuem uma perspectiva de liquidez a longo prazo – entendido aqui como o término do próximo exercício.

 

Após completar a sua seção de Ativos com essas informações, é hora de dar uma atenção mais detalhada a segunda coluna do seu balanço patrimonial: a seção de Passivos.

 

Como já é de se imaginar, o passivo representa exatamente o oposto do ativo. Ora, se o seu Ativo comporta todos os dados sobre bens e direitos da empresa, isso significa que o Passivo da sua empresa será necessariamente composto pelas informações referentes aos débitos e dívidas contraídas junto à fornecedores, bancos e outras instituições.

 

Também a categoria de Passivos é dividida em outras subseções, como o passivo circulante, o passivo não-circulante e o patrimônio líquido da empresa.

 

Conforme visto acima, as noções de circulante e não circulante estão relacionadas ao exercício em que esse capital será considerado – em outras palavras, se haverá liquidez (no caso do ativo) dentro do exercício em questão (curto prazo) ou apenas ao término do próximo exercício (longo prazo).

 

Essa concepção se aplica perfeitamente às noções de passivo circulante e passivo não-circulante, sendo que a primeira corresponde às dívidas ou débitos que serão liquidados ainda dentro do próprio exercício, e a segunda, àqueles compromissos que só serão sanados ao término do próximo exercício.

 

Por fim, a última subseção do seu balanço na área de passivos é destinada ao patrimônio líquido. Nela serão listadas as contribuições em termos de capital realizadas por cada um dos sócios da sua empresa, no momento da sua fundação.

 

Quais os benefícios de realizar um Balanço?

 

Muito mais do que ser apenas um retrato fiel das contas da sua empresa – o que poderia ser feito com um simples fluxo de caixa – um balanço patrimonial permite acompanhar detalhadamente a evolução do seu patrimônio, a depreciação inerente aos bens imóveis e os saldos e dívidas a receber ou a liquidar.

 

Trata-se assim da consolidação de todos os dados da contabilidade da sua empresa, fornecendo as informações que a sua contabilidade utilizará na composição de outros importantes instrumentos da gestão financeira, como o próprio fluxo de caixa mencionado acima.

 

Para te ajudar no levantamento dos dados necessários para a organização de um Balanço Patrimonial, vale buscar consultoria especializada! Afinal, como vimos, trata-se de tarefa complexa que pode requerer o apoio de um profissional da contabilidade.

 

Uma outra forma de fazer com que a realização do seu Balanço se torne um processo mais simples, é investir em soluções e ferramentas tecnológicas que otimizem os dados da sua empresa, através de integração e inteligência artificial. Essas soluções, como ocorre com os ERPs online, tornam a coleta de dados muito mais rápida, simples e precisa.

 

Experimente gratis!

Deixe aqui seu comentário